Conheça as principais obrigações contábeis e fiscais da sua empresa e organize suas rotinas

114 Sao Lucas - São Lucas Contabilidade

Compartilhe!

Classifique nosso post post

Também chamadas de obrigações tributárias, as obrigações fiscais se referem às questões relacionadas ao pagamento de impostos, tópico fundamental para se manter em dia com o Fisco

Um negócio envolve muitas questões, isso é fato. Apesar de tudo, uma coisa é certa: para não ter problemas, toda empresa deve estar devidamente regularizada e em dia com suas obrigações fiscais.

Afinal, manter-se em conformidade com a legislação evita-se riscos caso haja uma fiscalização.

Para começar, há obrigações comuns para todos os estabelecimentos. Embora existam obrigações fiscais e contábeis que dependerão do regime tributário no qual o negócio está enquadrado, assim como o tipo de atividade que o mesmo exerce.

Então se você não sabe qual o regime tributário da sua empresa, recomendamos que leia primeiro nossos artigos sobre Lucro Real e Lucro Presumido, ou o Simples Nacional e MEI

Após entender como cada Regime Tributário funciona, continue a leitura para conhecer as principais obrigações fiscais e contábeis de uma empresa!

O que são obrigações fiscais?

Também chamadas de obrigações tributárias, as obrigações fiscais se referem às questões relacionadas ao pagamento de impostos, tópico fundamental para se manter em dia com o Fisco.

Dito isso, veja agora no que você precisa ter atenção:

Obrigação fiscal: emissão de notas fiscais

Todas as empresas devem emitir notas fiscais, independentemente se estão vendendo mercadorias ou prestando serviços.

O MEI (Microempreendedor Individual), no entanto, só é obrigado a realizar essas emissões para pessoas jurídicas. Em relação às pessoas físicas, só será necessário caso elas exijam o documento.

Se você ainda não emite ou não sabe por onde começar, confira agora os Tipos de notas fiscais e como emitir.

Pagamento de impostos

O sistema tributário do país é famoso por ser complexo.

Quando o assunto é imposto — tanto municipal quanto estadual e federal —, há uma chuva de críticas por parte da população em geral.

Esse cenário não é diferente no meio empresarial. Sendo assim, veja abaixo a lista de alguns dos tributos que as empresas devem pagar:

  1. CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido);
  2. COFINS (Contribuição para Financiamento da Seguridade Social);
  3. ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços);
  4. IRPJ (Imposto sobre a Renda das Pessoas Jurídicas).

Para o contentamento dos gestores de Microempresas e Empresas de Pequeno Porte, há o Simples Nacional.

Resumidamente, esse regime tributário unifica tributos e contribuições e reduz boa parte da burocracia.

O que são obrigações contábeis?

As obrigações contábeis, por sua vez, estão relacionadas às fiscais.

É que entre as funções dos contadores, está a análise dos dados fiscais e apuração dos impostos e do faturamento empresarial.

Além disso, o profissional deve ainda elaborar documentos como relatórios, para comprovar informações como:

  • Situação patrimonial;
  • Situação financeira;
  • Conformidade das atividades da empresa com a legislação brasileira em vigor.

Vamos ver dois exemplos?

Obrigação contábil: formalização da empresa

O empreendedor deverá estar ciente de algumas obrigações contábeis antes mesmo de abrir a empresa.

Isso porque a formalização exige, dentre outras coisas, a obtenção de:

  1. CNPJ e alvará de funcionamento;
  2. Elaboração de Contrato Social;
  3. Definição do regime tributário;
  4. Registro na Junta Comercial e nos demais órgãos públicos;
  5. Inscrição municipal.

Demonstrações contábeis

Além de guiar os empresários, auxiliar o planejamento estratégico e serem apresentadas aos investidores em potencial, essas demonstrações visam sintetizar a situação patrimonial e financeira da empresa.

Como é o caso de:

  • Balanço Patrimonial: ele avalia a situação contábil e financeira do negócio e mostra sua evolução em determinado período. Abrange tópicos como pagamentos a receber, propriedades e dívidas, isto é, bens, direitos e obrigações da empresa.
  • DRE (Demonstração de Resultado do Exercício): em suma, avalia se houve lucros ou prejuízos por meio da análise das atividades financeiras do estabelecimento.

Como a contabilidade digital pode ajudar nas obrigações fiscais e contábeis das empresas?

Qual empresário não gosta de facilitar as coisas?

São tantos assuntos para resolver e tantas tarefas para delegar, que torna tudo mais fácil quando se tem um escritório de contabilidade para se preocupar com as questões abordadas aqui.

E, como vimos, há muitas obrigações fiscais e contábeis a serem respeitadas.

Burlar o sistema pode resultar em graves multas e sérios prejuízos aos empresários. Logo, para continuar exercendo suas atividades em conformidade com as regras impostas, é fundamental se consultar com um contador e seguir as suas orientações.

Ainda assim, é importante destacar que a empresa não deixa de se responsabilizar pelo pagamento dos impostos e demais obrigações fiscais.

Mas muitos dados financeiros e documentos essenciais para a contabilidade podem ser acessados diretamente por meio da integração contábil. Dessa forma, o contador ficará por dentro de tudo que acontece na empresa em tempo real, otimizando o trabalho de ambas as equipes.

Fonte: Jornal Contábil

PRESSIONE AQUI AGORA MESMO E FALE JÁ CONOSCO PARA MAIS INFORMAÇÕES!