Como declarar rendimentos do Google Ads no Imposto de Renda

Fale com um especialista agora gratuitamente!

Não te mandaremos spam!

Nesse artigo você vai ver:
Como Declarar Rendimentos Do Google Ads No Imposto De Renda - São Lucas Contabilidade

Como declarar rendimentos do Google Ads no Imposto de Renda? Essa é uma dúvida muito comum entre aqueles que estão recebendo receitas de um canal monetizado no YouTube ou de anúncios veiculados em um site ou blog aprovado no Adsense.

Sabendo disso, a São Lucas Contabilidade, sua assessoria contábil especializada em negócios digitais, decidiu preparar um conteúdo completo sobre o assunto.

Para conferir e esclarecer todas as suas dúvidas, declarar seus rendimentos corretamente e ficar em dia com o fisco, continue conosco e acompanhe este artigo até o final.

Quer ajuda para abrir uma empresa ou ter um CNPJ?

A São Lucas pode ajudar você na abertura de sua empresa, deixe seus dados e nossos especialistas entrarão em contato.

A forma correta de declarar rendimentos do Google Ads no Imposto de Renda

Se você recebe rendimentos do Google Ads, como pessoa física, não deixe para declarar os seus ganhos apenas na Declaração Anual de Ajuste do Imposto de Renda.

Neste caso, a Receita Federal deixa claro que o correto é preencher mensalmente o carnê leão web e recolher o imposto de renda devido sobre os seus rendimentos.

A sua parcela de contribuição será proporcional aos seus rendimentos, com alíquota que pode variar de 7,5% a 27,50%, conforme tabela abaixo:

Base de cálculo Alíquota Parcela a deduzir
Até 1.903,98 Isento Isento
De 1.903,99 até 2.826,65 7,50% R$ 142,80
De 2.826,66 até 3.751,05 15% R$ 354,80
De 3.751,06 até 4.664,68 22,50% R$ 636,13
Acima de 4.664,68 27,50% R$ 869,36

Feito isso, quando chegar a época de apresentar a declaração anual, basta importar as informações do carnê leão com o detalhamento dos seus rendimentos e os valores que foram pagos a título de IR em cada mês.

Quem precisa declarar rendimentos do Google Ads no Imposto de Renda?

A partir do momento que você começar a receber mais de R$ 1.903,98 por mês em rendimentos do Google Ads, será preciso declarar tais valores e recolher o imposto de renda devido sobre sua renda.

No entanto, além disso, é preciso destacar quais são os requisitos gerais que também tornam a entrega de declaração obrigatória. Confira:

  • Recebimento de rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 durante o ano anterior;
  • Recebimento de rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte em valor superior a R$ 40.000,00 durante o ano anterior;
  • Recebimento durante o ano base, valores relacionados a alienação de bens e direitos, incluindo imóveis, veículos, ações, criptomoedas, dentre outros itens.
  • Contribuinte com patrimônio acumulado superior a R$ 300 mil reais;
  • Exercício de atividade rural com receita bruta superior a R$ 142.798,50 no ano anterior.

Além disso, independente dos requisitos listados, todo estrangeiro residente no Brasil é obrigado a entregar a declaração anual de imposto de renda.

Quais os documentos necessários para declarar rendimentos do Google Ads no Imposto de Renda

Para declarar rendimentos do Google Ads no Imposto de Renda, você precisará separar alguns documentos. São eles:

  • CPF do titular e também dos seus dependentes;
  • Título de eleitor;
  • Comprovante de endereço atual;
  • Número do recibo da declaração do ano anterior;
  • Informes de rendimentos bancários e de corretoras de investimento;
  • Informes de rendimentos fornecidos por empregadores ou INSS;
  • Extrato dos repasses efetuados pelo Google Ads;
  • Extrato de contribuições para planos de previdência privada;
  • Documentos que comprovam a compra e venda de bens;
  • Documentação de imóveis e veículos;
  • Comprovantes de despesas com saúde e educação;
  • Dados Bancários.

Como declarar rendimentos do Google Ads [Passo a Passo]

Para ajudar você que precisa declarar rendimentos do Google Ads no Imposto de Renda, preparamos um pequeno passo a passo. Confira!

1.Contrate uma contabilidade para negócios digitais

Como o mercado digital possui uma série de particularidades, a melhor coisa a se fazer diante da necessidade de declarar rendimentos do Google Ads, é contratar uma contabilidade especializada.

Além de ajudar você a manter suas obrigações em dia com o fisco, o contador especialista em negócios digitais, pode ajudar você a pagar menos impostos.

Aqui na São Lucas Contabilidade, por exemplo, auxiliamos youtubers, proprietários de sites e outros empreendedores a declarar corretamente os seus rendimentos e ficar em dia com a Receita Federal.

2.Separe a documentação necessária

Logo após contratar um contador, você precisará reunir alguns documentos pessoais e toda documentação que comprove o seu patrimônio e rendimentos recebidos durante o ano anterior.

Não esconda nada do contador, pois na prática você estará tentando esconder do fisco e lá na frente poderá enfrentar problemas, como a retenção da declaração na malha fina, a aplicação de multas e a responsabilização por crime de sonegação fiscal.

3.Receba o recibo de entrega da declaração

Por fim, assim que o contador concluir a entrega da declaração, você receberá um recibo que comprova a transmissão das informações. Guarde este documento em um local seguro.

Além disso, a depender do resultado da declaração, você pode receber uma guia para pagamento do imposto de renda. Efetue o pagamento até o vencimento para evitar juros, multas e problemas com o fisco.

Como pagar menos impostos sobre rendimentos do Google Ads

Para pagar menos impostos sobre rendimentos do Google Ads e aumentar os seus rendimentos, o melhor caminho é abrir um CNPJ.

Como pessoa jurídica, você deixará de ter os seus ganhos tributados com base na tabela do Imposto de Renda, para recolher seus impostos por meio de regimes econômicos como o Simples Nacional e o Lucro Presumido.

No Simples Nacional, por exemplo, rendimentos do Google Ads, podem ser tributados com base em uma alíquota de apenas 6% sobre o seu faturamento (para rendimentos de até R$ 180 mil).

Veja a tabela abaixo, enquanto na pessoa física, a alíquota de contribuição chega a 27,50% para aqueles que recebem rendimentos mensais acima de R$ 4.664,68, na pessoa jurídica, é possível contribuir com apenas 6% e com uma receita muito maior.

Faixa Receita em 12 meses Alíquota Valor a deduzir
Até 180.000,00 6,00%
De 180.000,01 a 360.000,00 11,20% R$ 9.360,00
De 360.000,01 a 720.000,00 13,20% R$ 17.640,00
De 720.000,01 a 1.800.000,00 16,00% R$ 35.640,00
De 1.800.000,01 a 3.600.000,00 21,00% R$ 125.640,00
De 3.600.000,01 a 4.800.000,00 33,00% R$ 648.000,00

Para saber mais, abrir um CNPJ e reduzir a sua carga de impostos, clique aqui e entre em contato conosco!

A São Lucas Contabilidade ajuda empreendedores digitais de todas as partes do país a manter suas obrigações em dia com o fisco e a pagar menos impostos. Nosso time também pode ajudar você.

Classifique nosso post

Categorias

Categorias

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Cta Post.png - São Lucas Contabilidade

Deixe um comentário

Recomendado só para você!
Você sabe qual é a diferença entre pró-labore e distribuição…
Cresta Posts Box by CP